Sansão do Campo

Informações 

Nome

Popular: Sabiá, cebiá, sansão-do-campo.
Científico: Mimosa caesalpineaefolia – Família Leguminosae-Mimosoideae

Características morfológicas

Planta espinhenta, de 5 a 8 m, atingindo até 10 metros de altura, com tronco de 20 a 30 cm de diâmetro. Folhas compostas bipinadas.

Madeira

Pesada, dura, compacta, superfície brilhante e lisa, de grande durabilidade, mesmo quando exposta à umidade e enterrada.

Utilidades

A madeira é muito apropriada para usos externos, como moirões, estacas, esteios e para lenha e carvão. A árvore apresenta as características ornamentais, principalmente pela forma entouceirada que geralmente se apresenta, podendo ser empregada em paisagismo.

É também muito utilizada como cerca viva defensiva e quebra ventos. É amplamente cultivada para produção de madeira na Região Nordeste do país. Como planta tolerante à luz direta e de rápido crescimento é ideal para reflorestamentos heterogêneos destinados a recomposição de áreas degradadas.

Plantio de Mudas

Deverão ser plantadas no local definitivo, em um sulco de 10 a 15 cm de profundidade por 10 a 15 cm de largura.

De preferência esta terra retirada do sulco deverá ser misturada com alguma matéria orgânica de qualidade (composto ou esterco curtidos) na proporção de 3 a 5 litros por metro linear de sulco, que deverá retornar ao sulco.

Após o retorno da terra ou da mistura terra/matéria orgânica ao sulco o melhor é esticar uma linha de nylon para o alinhamento ficar perfeito e então riscar na linha o sulco do plantio com uma estaca ou cabo de vassoura na profundidade do torrão da muda ~ 7 cm.

As mudas devem ser colocadas no sulco, normalmente é utilizada a distância de 10 cm entre mudas. Em seguida, deve-se achegar a terra e pressionar um pouco para melhorar o contato do torrão com o solo.
Se for utilizar espaçamento maior do que 10 cm. é melhor construir um calibrador com um cabo de vassoura riscado na distância escolhida para uniformizar rapidamente o espaçamento.

Irrigação

É necessário regar imediatamente após o plantio e depois a cada 3 a 4 dias até que a planta atinja cerca de 20 cm; manter a irrigação no período de estiagem, até que as mudas atinjam porte de 25 a 30 cm.
Chuvas muito esparças ou de pouca quantidade não eliminam a necessidade de irrigação.




sansao3


                                                                                 


 
  Voltar